Aulas de confeitaria infantil

Depois de muitos altos e baixos no meu profissional, percebi que gostava de fazer doces e principalmente que desejava ensinar (por isso fiz esse blog). Então, tive a ideia de formar turmas de crianças que queriam aprender sobre confeitaria. Além das crianças fazerem coisas que ajudavam na motricidade (como quebrar um ovo e trabalhar com medidas), trabalhei temas como reciclagem, aproveitamento de ingredientes, noções de higiene e relacionamento em grupo.

Acredito que esse tipo de trabalho é importante para a formação das crianças e merece ser incentivado. Eu sempre gostei de crianças, ver que elas estão aprendendo é incrível. Acho importante os pais incentivarem seus filhos a fazer aulas ou façam receitas junto com eles. Meninos e meninas devem ser igualmente incentivados a utilizar a cozinha. Grandes cozinheiros e confeiteiros do mundo são homens, acho ruim o preconceito que ainda existe em relação a isso, acredito que é questão de tempo para as mães começarem a relaxar nesse sentido. Dei aula para os dois sexos e os meninos são mais atirados para fazer tudo que proponho.

O que mais acho interessante é que as aulas sejam uma escolha das crianças, mas isso começa do interesse dos adultos em incentivar. O que acho ideal é que não seja uma matéria de escola que a criança simplesmente aceita e sim algo extracurricular que ela escolhe fazer. Além de fazer as receitas, as crianças devem fazer anotações (quando já sabem escrever). Não é legal sempre entregar um papel com a receita, aquilo não fará sentido, o importante é ela escrever para fixar e colocar a mão na massa para aprender e arriscar.

A confeitaria criativa, ajuda a criança principalmente a aprender brincando. Hoje em dia muitas crianças deixam de brincar e são forçadas a amadurecer rápido pela postura da sociedade. Criança tem que brincar muito, é divertido as ver rindo dos próprios erros, não levando tudo tão a sério, isso é muito importante para a vida adulta, perfeccionismo ao extremo nem sempre tem lados positivos. Enfim, vale a pena pensar um pouco na riqueza do tema e usar uma coisa tão próxima quanto a cozinha para conseguir tirar lições valiosas que valem para a vida toda.

 
Aula no supermercado, fazendo as crianças observarem preços e quantidades dos ingredientes.
Aluna Isa, gostava de comer tudo o que via pela frente e era muito delicada com a pasta americana.

Deixe uma resposta