Doces personalizados! – Se vire para agradar seus clientes!

Doces que fiz para o chá de bebê do Lucas, filho de uma amiga.

Você acredita que o cliente sempre tem razão? Eu não! Isso porque eu já trabalhei em diversos locais e sei que muitas vezes existe oportunismo e desrespeito com os funcionários. Porém, o cliente é alguém para ser respeitado, agradado e cativado.

Os doces personalizados são valorizados pelos clientes e precisam ser levados em conta. Muitas vezes procuramos um diferencial, e, talvez, esse seja um diferencial certo para você investir! Nessa matéria falei um pouco de como comercializar seus doces e agora gostaria de falar de um segundo passo, um segundo momento que pode ser o “pulo do gato” para sua nova empresa.

Fazer doces, muitos fazem; profissionalmente ou não! Minha avó é uma doceira de mão cheia e minhas tias e mãe, nem se fala (são demais!). O que você em seu negócio precisa é se destacar de algum modo: seja preço, seja pela criatividade, seja pela qualidade, seja pelo atendimento (de todos prefiro a criatividade!). O fato é que a união de tudo isso é a receita de um começo de sucesso, mas a criatividade, que eu tanto gosto, é a maneira que você se torna singular em um mar de iguais. Descubra seu diferencial e ache seu caminho (essa frase poderia ser famosa, né?).

Os doces personalizados são sucessos em eventos, em presentes especiais e no mercado corporativo. Quem não gosta de um doce feito especialmente para você?

Minha dica é para que se especializem em, pelo menos, um tipo de personalização, seja ela com nomes e letras, ou doces em diversos formatos e decoração surpreendente. Você não precisa fazer de tudo, mas tudo o que você faz precisa ser bem feito.

No começo as letras ficam tortinhas, os escritos tremidos e as pinturas toscas, mas, aos poucos, você vai pegar o jeito. Treinar é a melhor maneira de acertar. Tenho certeza de que se colocar criatividade e personalização nos seus doces, você estará um passo a frente de muitos dos seus concorrentes. Invista nisso!

Bombom com inicial tortinha (um dos primeiros que fiz).
Marzipan de aranhas para a festinha do meu primo.

 

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Confeiteira

Gabi Ribeiro tem 32 anos, mora em São Paulo e é cineasta por formação, mas Confeiteira por paixão. A ideia do blog surgiu para que ela pudesse compartilhar dicas e sempre trazer novidades fresquinhas para todos os apaixonados por doces.

Load More